• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner COVID19
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Processos de Responsabilidade Civil

  • Que tipos de sinistro poderão vir a ser indemnizados pelo Município de Oliveira de Azeméis?
    Os que resultem em vias municipais, pertencentes ao Município de Oliveira de Azeméis, em virtude de comprovadas deficiências e condições de manutenção da via, nomeadamente quanto à sua sinalização, estado do pavimento, limpeza e arborização da mesma.
  • Em caso de ocorrência de um sinistro, cuja responsabilidade seja eventualmente imputável ao Município, como faço a sua participação? Que elementos terei de juntar?
    Devo: a) Contactar e solicitar à Guarda Nacional Republicana a elaboração de Auto de Participação de Acidente sobre a ocorrência do sinistro; b) Dirigir-me, no mais curto espaço de tempo, a uma oficina de reparação de veículos para solicitar um orçamento relativo aos danos materiais na viatura; c) Tirar fotos dos danos e da irregularidade que provocou os mesmos; Em seguida: Devo informar, no prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis, presencialmente no Gabinete de Atendimento ao Munícipe (GAM), por via postal ou por correio electrónico (preferencialmente) juntando os seguintes elementos instrutórios: - Requerimento do pedido de indemnização cível (no caso de requerer presencialmente); - Auto de ocorrência da Guarda Nacional Republicana (GNR); - Orçamento com o valor da reparação (ou em alternativa a factura/recibo da reparação); - Planta de localização devidamente assinalada; - Fotos do local e dos prejuízos (caso haja);
  • Posso juntar prova?
    Pode. O lesado pode juntar à sua participação outros elementos que considere relevantes, arrolando testemunhas (com indicação de nome e morada para efeitos de notificação), bem como quaisquer outros documentos/elementos probatórios com interesse para a decisão. São documentos obrigatórios, quando aplicável, o auto da GNR e a planta topográfica com indicação do local da ocorrência; O original da fatura/recibo ou venda a dinheiro, será solicitada, apenas e só, com a decisão do processo; As despesas resultantes das diligências de prova serão suportadas pelo reclamante.
  • Poderá o meu carro ser reparado antes da decisão final do processo?
    Sim, nos casos em que o valor do orçamento não exceda os € 1500,00 (euros). Nos restantes casos só o poderá efectuar quando o tenha expressamente requerido (na participação) e tenha sido deferida a essa pretensão. sado deverá aquando da participação declarar expressamente essa pretensão.
  • Posso reparar o meu carro antes da decisão do Município e depois apresentar a conta?
    Não. A reparação do carro só poderá ocorrer após a participação do sinistro, sem prejuízo do referido na resposta anterior.
  • Há limite máximo para o valor da indeminização a pagar pelos danos causados no meu veículo?
    O limite máximo será o estipulado na peritagem (informação dos serviços competentes) realizada.
  • Posso escolher a oficina?
    Sim, desde que tenha consciência que o Município só indemnizará até ao limite máximo estipulado na peritagem.
  • Quais são as fases do processo de decisão?
    I. Entrada da participação; II. Informação dos serviços técnicos competentes (peritagem); III. Análise jurídica da participação do sinistro; IV. Despacho decisório do Presidente da Câmara Municipal ou Vereador com competência delegada na área da viação e trânsito;
  • Como se processa a decisão?

    Através de despacho decisório do Presidente da Câmara Municipal ou Vereador com competência delegada na área. Estas decisões serão fundamentadas e estarão sujeitas às regras estabelecidas no Código de Procedimento Administrativo.

     

    Simule aqui

  • Poderei reclamar da decisão que seja proferida?
    Sim. A reclamação deve ser apresentada no prazo de 15 dias a contar da notificação do acto ou interessado ou na data em que este tiver conhecimento do mesmo.
  • Poderei pedir a reapreciação de todo o processo?
    Sim. Quanto já tenha recaído despacho sobre uma reclamação apresentada ou o interessado requeira a reapreciação do processo, e quando os pressupostos de facto e de direito, inerentes ao pedido sejam semelhantes aos da participação inicial. O pedido de reapreciação do processo está sujeito ao pagamento da taxa de reapreciação devida.
  • Como se processa o pagamento da indemnização?
    Após o deferimento do processo, o reclamante é notificado no sentido de apresentar o original da factura da oficina, após o qual será processado o pagamento da indemnização diretamente pelo município ou remetida para a companhia seguradora conforme o sentido do despacho decisório.
  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]