• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Projeto A NOSSA FREGUESIA...
  • Banner COVID19
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Câmara de Oliveira de Azeméis cria prémio de teatro Alfredo Cortez

Data: 08/04/2016
Oliveira de Azeméis
Autarquia perpetua a memória do dramaturgo Alfredo Cortez com prémio em seu nome

A Câmara de Oliveira de Azeméis vai instituir, na área do teatro, o prémio “Alfredo Cortez”, anunciou o presidente da autarquia, Hermínio Loureiro.

“Esta é a forma justa de, todos os anos, lembrarmos uma personalidade incontornável da cultura do município e do teatro”, afirmou o autarca no encerramento da homenagem que a autarquia promoveu ao dramaturgo que viveu e escreveu grande parte da sua obra em Oliveira de Azeméis.

Autor de inúmeras peças para teatro e sátiras, Alfredo Cortez foi um dos dramaturgos portugueses com maior projeção no período entre as duas grandes guerras mundiais.

“O prémio Alfredo Cortez será uma excelente oportunidade para que os grupos de teatro possam olhar de forma mais apaixonada para este dramaturgo que fez um trajeto de grande talento”, disse Hermínio Loureiro.

O prémio, que será entregue no âmbito do festival de teatro “Entoa”, passará a integrar a lista de galardões culturais já existentes no município, com destaque para os prémios de literatura Agostinho Gomes, de fotografia Fernando Paúl e Drª Leonilde Aurora Silva de Matos, este na área social.

Além da toponímia, a memória de Alfredo Cortez passou a estar inscrita na placa descerrada por Hermínio Loureiro e pela filha do dramaturgo, Lurdes Lopes Godinho Cortez Machado, na casa onde o causídico viveu e escreveu a maioria da sua obra.

“Está a ser reposta justiça a uma personalidade apaixonante e de qualidades invulgares”, afirmou o presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, considerando que a homenagem, que ocorre por ocasião dos 70 anos da sua morte, “é um dia feliz para a cultura em geral e para o teatro em particular”.

A justificar a homenagem, Hermínio Loureiro disse que “uma terra sem história é uma terra sem futuro” e que, “por essa razão gostamos de enaltecer a nossa história e as personalidades que fazem parte dela e onde se enquadra, naturalmente, a figura de Alfredo Cortez”.

A homenagem envolveu ainda a deposição de uma coroa de flores no jazigo onde se encontra sepultado e a inauguração de uma mostra biográfica.

A homenagem terminou com uma conferência sobre o dramaturgo, na biblioteca municipal Ferreira de Castro, a cargo de Duarte Ivo Cruz e com a participação de atores do grupo Gota.

Para o historiador local António Magalhães, a cidade passou a dispor de “algo que a relaciona, no futuro, com o homenageado”. Já a vereadora da cultura, Gracinda Leal, salientou o envolvimento da família na homenagem, a importância de perpetuar a memória do dramaturgo e a criação do festival de teatro “Entoa”.

Alfredo Cortez nasceu em Estremoz em 1880 e licenciou-se em Direito na Universidade de Coimbra em 1905. Cinco anos depois, passou a residir em Oliveira de Azeméis ao casar com Dulce Maria Lopes Godinho, filha do causídico José Lopes Godinho, então presidente da autarquia e diretor do “Jornal do Povo”, órgão local do Partido Progressista.

A sua primeira peça a subir à cena foi “Zilda”, representada em 1921 pela atriz Amélia Rey Colaço. O dramaturgo iniciou a sua carreira com o espetáculo de revista “Terra e Mar” (1918) tendo alguns anos depois aderido ao naturalismo com as peças “Zilda” (1921) e “O lodo” (1923).

Ainda experimentou o expressionismo e o drama histórico e abordou também os costumes populares portugueses nas obras “Tá-mar” (1936) e “Saias” (1938).

  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]