• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Mercado à Moda Antiga
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Conversas na Galeria "Falar da Liberdade em Liberdade"

Oliveira de Azeméis
Dia: 24 abril 2019
Horário: 21h30
Local: Galeria Tomás Costa

No dia 24 de Abril, pelas 21h30, a Galeria Tomás Costa acolhe “Conversas na Galeria” uma tertúlia sobre o tema “Falar da Liberdade em Liberdade”.

Com o objetivo de assinalar o 45º aniversário do 25 de abril personalidades Oliveirenses vão abordar o tema da Liberdade e aquilo que ela representa.

Tertúlia/Debate/Reflexão com a presença de:

Camilo Mortágua, nascido em 29 de Janeiro de 1934 em Lousas, freguesia de Ul, concelho de Oliveira de Azeméis
"De Janeiro de 1934 até ao tempo presente, passando pelos tempos da Guerra e Paz, com paragens vertiginosas em tempos exaltantes de entrega e dádiva de vida à loucura de a poder viver em LIBERDADE! Primeiro de Maio de 1974, estação maior deste meu percurso, momento da chegada sonhada, orgasmo de todos os sentidos, oásis saciador de sofridas sedes, por vezes de esperanças desertadas. ABRIL DESSE TEMPO, "tsunami" cultural e social, feito de imensas ondas de liberdade, a fecundar com novas utopias as mentes de quem sem elas não sabe viver. Ponto e tempo de partida para renovadas caminhadas, diversas mas sempre disponível para servir de apoio e estímulo a que dele necessita para continuar a sua marcha. Ainda com prazer no que faço, continuo caminhando, e por isso ajudando a fazer caminho para a PAZ e a LIBERDADE entre todos do meu, e dos tempos que hão-de vir".
Este é o retrato existencial do Camilo Mortágua pincelado pelo próprio. As angústias, as esperanças, a dádiva, as utopias e o sonho da LIBERDADE!

Manuel Matos Barbosa
Nasceu em 11 de Maio de 1935 em Oliveira de Azeméis, onde reside.
Encontrou no desenho e no cinema a sua forma de expressão por excelência. Dirigente de cineclube local, assinou alguns dos filmes do cinema amador português mais premiados internacionalmente. Do documentário à animação, os seus filmes têm uma forte componente inspiradora da paisagem, das histórias e das gentes da Beira Litoral.
Homem de intensa actividade cívica e intelectual, conhecedor da realidade social e política local e nacional. Manuel Matos Barbosa é autor de 17 filmes que foram distinguidos com 64 prémios na Alemanha, Andorra, Angola, Áustria, Bósnia e Herzegovina, Bélgica, Brasil, Eslovénia, Espanha, França, Grécia, Itália, Moçambique, Rodésia e naturalmente Portugal. Encontrou no desenho e no cinema a sua forma de expressão por excelência. Dirigente de cineclube, assinou alguns dos filmes do cinema amador português mais premiados internacionalmente. Do documentário à animação, os seus filmes têm uma forte componente inspiradora da paisagem, das histórias e das gentes da Beira Litoral.

António Augusto da Costa Godinho
Nasceu em 13/02/1949 em Santiago de Riba-Ul, concelho de Oliveira de Azeméis e reside na freguesia de Loureiro, do mesmo concelho.
Estávamos nos anos 70 do século passado. Eram os anos de todos os sonhos dos jovens portugueses. Mas havia um condicionante de monta. A guerra colonial iniciada no início dos anos sessenta, transformou muitos sonhos em realidades dolorosas. António Godinho a residir em Loureiro, Oliveira de Azeméis era um jovem com muitos sonhos como tantos outros. Em 5 de Janeiro de 1971 vai para a guerra colonial em Angola. Partilhou momentos dessa guerra com o capitão de Abril, Melo Antunes. Para muitos a consciência política do Movimento de Capitães e apelidado de "O sonhador Pragmático". Uma experiência que vai ser partilhado na tertúlia sobre o tema “Liberdade”.

Miguel Martins
Nasceu em 14/12/1952 em Junqueira, concelho de Vale de Cambra e reside em Macinhata da Seixa, concelho de Oliveira de Azeméis
Eram 240. Todos quantos foram necessários para fazer cair um regime velho de duas gerações, tão velho que quase não resistiu. Eram os 240 de Salgueiro Maia. Apenas um punhado de soldados que saíram, madrugada alta, de Santarém para descerem à capital, ocuparem o Terreiro do Paço, subirem ao Carmo e aceitarem a rendição de Marcelo Caetano.
Miguel Martins vive em Oliveira de Azeméis e integrou a coluna de Salgueiro Maia. Saiu de Santarém sobre as amarras de um regime repressor e saiu de Lisboa com Liberdade no coração dos portugueses.

Esta tertúlia será marcada com a a participação musical do duo “Rua do Barro Branco” que apresentará um reportório com temas marcantes da época.

A Galeria Municipal Tomás Costa acolhe, de 06 a 27 de abril, a exposição de pintura "Liberdade" com artistas oliveirenses.

GALERIA DE IMAGENS
  • Cartaz
  • Casa Museu Ferreira de Castro Iporto - Agendas Cineteatro Caracas Concurso de Música Terras de La Salette IPORTO
  • Facebook Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis Arquivo Municipal Academia de música
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Azeméis Educa Twitter Parque Temático Molinológico Parque de La Salette
  • Loja Ponto Ja Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Galeria Tomás Costa
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]