• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Dia 13 de Outubro de 2010 – Dia Internacional para a Redução dos Desastres Naturais

Oliveira de Azeméis

O Dia Internacional para a Redução dos Desastres Naturais, foi instituído pela Assembleia-Geral das Nações Unidas, e celebra-se anualmente na segunda quarta-feira de Outubro. Pretende-se com este dia o alerta e a reflexão sobre a temática dos desastres naturais, as suas formas de prevenção e mitigação, assim como de criar uma sociedade mais capacitada de os enfrentar.

Mais de 90% das catástrofes que ocorrem actualmente no Mundo estão ligadas à Água: ou porque falta, no caso das secas, ou porque há demasiada, no caso das cheias, aluimentos de terra, ciclones, furacões e tufões.

As cheias foram o desastre natural mais mortífero em Portugal ao longo do Século XX.

Anos após ano, estas catástrofes atingem numerosas comunidades.

Os riscos naturais fazem parte da Vida. Só se transformam em catástrofes quando os seres humanos perdem a vida ou os meios de subsistência. As comunidades são cada vez mais vulneráveis, devido às actividades humanas que conduzem a um aumento da pobreza, a uma maior densidade populacional nas cidades, à degradação do ambiente e à aceleração das alterações climáticas.

As Nações Unidas alertam para a necessidade da adopção de medidas para reduzir os impactos dos sismos, tornados, aluimentos, inundações e erupções vulcânicas, fenómenos que não são previsíveis e que podem provocar milhares de mortes e desalojados.

Segundo a Estratégia Internacional para a Redução dos Desastres das Nações Unidas, durante a última década: 4777 desastres naturais fizeram 880 mil mortes, afectaram a vida a 1880 milhões de pessoas e provocaram prejuízos na ordem dos 708 mil milhões de euros.

"Ao nível mais dramático, as actividades humanas estão a alterar o equilíbrio do Planeta, interferindo como nunca na atmosfera, oceanos, camadas de gelo polares, florestas, os pilares naturais que fazem deste um planeta habitável", comenta Kofi Annan, secretário-geral das Nações Unidas.

"Temos que reaprender a conviver com a Natureza", disse Sálvano Briceño, responsável máximo pelo Secretariado das Nações Unidas para a Estratégia Internacional para a Redução dos Desastres, criado em 2000. "Não proponho respostas assentes em tecnologias muito avançadas nem o regresso a um mundo mais simples. Apenas propomos que compreendamos melhor os perigos, porque somos vulneráveis, quais são os riscos e, baseado nisso, prepararmo-nos e evitar mais responsavelmente os desastres naturais", acrescentou.

No Dia Internacional para a Redução das Catástrofes Naturais, recordemos que podemos e devemos reduzir o número e as consequências das catástrofes. Para o efeito, devemos construir comunidades sustentáveis capazes de gerirem os riscos a longo prazo.

  • Casa Museu Ferreira de Castro Iporto - Agendas Cineteatro Caracas Concurso de Música Terras de La Salette IPORTO
  • Facebook Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis Arquivo Municipal Academia de música
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Azeméis Educa Twitter Parque Temático Molinológico Parque de La Salette
  • Loja Ponto Ja Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Galeria Tomás Costa
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]