• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner COVID19
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Centro Social de Pindelo lança campanha solidária para concluir obra

Data: 25/05/2010
Oliveira de Azeméis
Centro Social de Pindelo vai prestar apoio à população nas valências de infância e da terceira idade

A direcção do Centro Social de Pindelo lançou esta semana uma campanha junto da população com o objectivo de angariar verbas destinadas à conclusão do novo edifício.

António Bastos, presidente da instituição, conta com três dezenas de voluntários para sensibilizar a população local a contribuir financeiramente para as obras da nova sede, orçada num milhão de euros.

O investimento, em fase adiantada de construção, é financiado em 250 mil euros pelo Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (Pares) e o restante pela instituição, Câmara de Oliveira de Azeméis e Junta de Freguesia.

Desde segunda-feira que grupos de voluntários estão a distribuir um folheto em todas as casas da freguesia apelando para a solidariedade dos locais.

«Precisamos da colaboração de todas as pessoas de boa vontade para concluirmos esta obra essencial ao desenvolvimento da nossa terra», apelam os dirigentes que esperam o contributo da população para que a instituição possa dar as respostas sociais necessárias nas valências de creche e serviço de apoio domiciliário.

«Esta obra será um pólo de desenvolvimento para Pindelo e irá dar mais qualidade aos residentes pelo que todo o apoio, por mais pequeno que seja, é fundamental para podermos concretizar este equipamento», afirmou António Bastos na apresentação da campanha onde estava acompanhado por Hermínio Loureiro, presidente da autarquia, Gracinda Leal, vereadora da acção social e José António Santos, presidente da Junta de Freguesia.

O responsável da instituição confia no espírito solidário dos habitantes apesar das dificuldades que atingem as famílias. «É nos momentos de crise que se reforçam os laços de solidariedade e estou certo que as pessoas não ficarão indiferentes ao alcance que esta obra terá para a freguesia», disse.

O equipamento é, para a direcção da instituição, uma «obra importante» que permitirá ás famílias organizarem-se «com qualidade de vida, apoiadas por respostas sociais dirigidas às crianças e aos idosos».

A «curto prazo» os dirigentes esperam «poder concorrer para abrir o centro de dia para o qual o edifício já conta com algumas infra-estruturas» sendo «para estas respostas sociais que o centro social está a trabalhar».

O presidente da autarquia mostrou-se confiante no resultado da campanha referindo ser importante que a sociedade civil «sinta a obra como um equipamento de todos pelo que é importante as pessoas apoiarem financeiramente uma obra que irá beneficiar não só Pindelo mas também as freguesias vizinhas».

«A autarquia continuará a colaborar e cumprirá com tudo o que assumiu em protocolo», disse Hermínio Loureiro defendendo uma «atitude positiva da sociedade perante as contrariedades».

«Os momentos difíceis não devem ser encarados como fatalidades mas como oportunidades», afirmou, considerando a obra «uma infra-estrutura de orgulho para todos».

Ocupando uma área de 4300 metros quadrados, o futuro centro social ficará concluído até ao final deste ano e dará apoio nas valências de creche e apoio domiciliário.

A instituição iniciou a sua actividade apenas com a valência de ATL (Actividades de Tempos Livres) na antiga escola Louzada mas nos horizontes da direcção esteve sempre o alargamento do apoio a outras valências resultando dessa vontade a aquisição, em 1997, de um terreno no lugar do Poço.

Em Abril de 2008 o programa PARES aprovou a candidatura para a construção do edifício nas valências de creche e apoio domiciliário, obra que vai alargar a cobertura social da freguesia.

O Centro Social Cultural e Recreativo de Pindelo, entidade de utilidade pública, foi criado em 1991 por uma comissão instaladora e, posteriormente, transformada em Instituição Particular de Solidariedade.

GALERIA DE IMAGENS
  • Hermínio Loureiro, presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis (à esqª) e António Bastos, presidente da Direcção do Centro Social, Cultural e Recreativo de Pindelo
  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]