• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Balcão Único
  • Banner Bupi
  • Banner Projeto A NOSSA FREGUESIA...
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Portugal 2020
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Autarquia faz balanço da atividade municipal

Data: 08/11/2022
Oliveira de Azeméis

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, afirmou ontem, no balanço do primeiro ano do segundo mandato autárquico, que o executivo municipal está orgulhoso do trabalho realizado desde 2017 mas quer “ir mais longe”.

Segundo o autarca, “as áreas da educação, ambiente, desenvolvimento económico e reabilitação urbana continuam a ser os eixos prioritários de ação visando melhorar a qualidade de vida de todos os oliveirenses”.

Na educação, Joaquim Jorge referiu o relevante esforço realizado destacando as obras, a bom ritmo, da recuperação integral da escola de Fajões e a requalificação, em curso, num investimento superior a 1,5 milhões de euros, das escolas de Lações, Brejo, Alumieira e Palmaz,

Também receberam ou estão a receber beneficiações as escolas de Pinhão, Fonte Joana, Alvão, Maria Godinho, EB1 de Pindelo, Ponte e Macieira de Sarnes. 

As intervenções relacionam-se com reparações e substituições de telhados, mudança da caixilharia, climatização, melhoria da iluminação das salas de aula, requalificação de casas de banho, pinturas interiores e exteriores, renovação dos espaços de lazer, novo mobiliário escolar, novo equipamento informático, novos equipamentos nas cozinhas e refeitórios, etc.

A expansão das redes de água e saneamento continua a ser o grande desígnio deste executivo. Nesta matéria, o autarca destacou os 15,6 milhões de euros investidos entre 2017 e até final de 2023, dos quais 12,7 milhões na expansão da rede de saneamento e 2,9 milhões na rede de água.

A autarquia está a intervir atualmente nas freguesias de Cesar, Macinhata da Seixa, Ossela, Fajões e Pinheiro da Bemposta, onde já iniciou a construção de uma nova Estação de Tratamento de Águas Residuais. Neste momento decorrem obras de cerca de 10,8 milhões de euros, dos quais 2,5 milhões de euros na rede de água e 8,3 milhões na rede de saneamento. Com estes investimentos, as taxas de cobertura aumentarão, respetivamente, para os 85% e os 65%.

Outro eixo prioritário é a requalificação das zonas industriais de Oliveira de Azeméis, um processo de investimento que começou com intervenções na Área de Acolhimento Empresarial de Ul-Loureiro e na Zona Industrial de Oliveira de Azeméis, num valor superior a um milhão de euros.

Joaquim Jorge deu a conhecer que “estão a ser trabalhados os projetos para requalificar as zonas industriais do Nordeste e de Nogueira do Cravo e Pindelo”.

Na reabilitação urbana o objetivo é “requalificar todos os edifícios públicos degradados”. Desde 2017 foram (ou estão a ser) requalificados vários edifícios camarários, entre os quais, os dois blocos habitacionais do bairro de Lações, o posto da GNR de Cucujães, o cineteatro Caracas, o mercado municipal, o antigo centro de saúde, as antigas finanças, a casa do guarda no parque La Salette, o Fórum Municipal, a antiga Escola de Artes e Ofícios, a antiga Casa das Heras, a biblioteca de Ossela, o parque inclusivo, o anfiteatro ao ar livre e o albergue de peregrinos de Cucujães, e o Centro Interpretativo do Vidro.

O autarca oliveirense prometeu continuar a trabalhar para melhorar a qualidade de vida da população oliveirense, apesar das dificuldades impostas pela pandemia e pelo conflito militar na Ucrânia que provocaram “um aumento brutal da energia e dos custos das obras, a escassez de produtos e a escalada dos preços das matérias-primas”.

Apesar deste quadro difícil e de grandes constrangimentos, foi possível avançar com a criação de bolsas de estudo para acesso ao ensino superior, com o programa de melhorias habitacionais, o programa de apoio à compra de medicamentos, o Vale Educação, a cadeira dentista, a consolidação dos projetos de apoio ao empreendedorismo e investimento, a redução do IMI para a taxa mínima, a aposta na eficiência energética e a requalificação de importantes estruturas viárias, um primeiro aumento de 15% nas transferências para as juntas de freguesia no mandato anterior, e um segundo aumento que vai voltar a acontecer em 2023.

Joaquim Jorge realçou ainda um conjunto de importantes projetos em curso para melhorar a qualidade de vida dos oliveirenses, como a aquisição de 12 carrinhas de transporte flexível de passageiros, a oferta de 500 bicicletas a estudantes do concelho para fomentar esta forma de mobilidade, o Turismo Industrial, os “Guardiões dos Rios” e “A Nossa Freguesia”.  

  • Facebook Instagram Twitter Youtube Iporto - Agendas
  • IPORTO Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis
  • Loja Ponto Ja Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música
  • Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]