• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner COVID19
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Quarenta milhões de euros para investir em Oliveira de Azeméis

Data: 04/01/2018
Oliveira de Azeméis

A Câmara de Oliveira de Azeméis aprovou o orçamento para 2018 no valor de 40,5 milhões de euros, verba que terá aplicação preferencial na reabilitação urbana, na inclusão social, na competitividade, na mobilidade sustentável e na atração do investimento e empreendedorismo.

O documento aponta ainda como linhas estratégicas a valorizar o reforço financeiro às freguesias e o apoio às pessoas e famílias através de projetos de ajuda social e mantendo o IMI familiar, a taxa geral de IMI em 0,375% e os incentivos à natalidade.

A criação do “vale educação” é a novidade da proposta orçamental para o próximo ano.

Além desta medida social o presidente da autarquia, Joaquim Jorge, explica que “a educação será uma das áreas prioritárias de investimento” estando contemplada a melhoria do parque escolar e intervenções profundas nas escolas básicas e secundárias de Fajões e Dr. Ferreira da Silva, em Cucujães, e a requalificação da escola Bento Carqueja.

Estas obras integram o quadro inicial de investimento para 2018 no valor de 7,2 milhões de euros onde se inclui ainda a beneficiação dos edifícios da urbanização de Lações, a reabilitação do edifício da antiga biblioteca municipal e do salão nobre, a remodelação do cine teatro Caracas, a zona industrial de Costa Má, em S. Roque, a requalificação do parque de La Salette e o prolongamento da rede de abastecimento de água.

A rede viária, os transportes rodoviários, os arruamentos e caminhos agrícolas e florestais e a eficiência energética na iluminação pública são outras áreas que o autarca de Oliveira de Azeméis afirma estarem também nas preocupações da autarquia.

Segundo Joaquim Jorge, o orçamento para 2018 baseia-se em “princípios de sustentabilidade económico-financeira sendo prudente na previsão da receita e assegurando o volume de investimento possível face à incerteza da aplicação efetiva dos fundos da União Europeia, o Portugal 2020”.

O autarca oliveirense explica que a nível das receitas estas evidenciam “um decréscimo mais relevante nas rubricas de transferências de capital em consequência da incerteza dos apoios financeiros ao investimento e na rubrica de vendas de bens de investimento, pelo rigor na estimativa de vendas”.

Relativamente à dívida, no orçamento 2018 foi estimado um superavit económico-financeiro que garantirá a redução anual da dívida municipal em aproximadamente 4,1 milhões de euros.

Segundo a autarquia, a execução orçamental esperada para este ano e o excedente de tesouraria contribuirá para que o superavit, na ordem dos 3,6 milhões de euros, permita cumprir os objetivos fixados no Plano de Saneamento Financeiro, no Plano de Ajustamento Financeiro no âmbito do programa de Apoio à Economia Local e fazer face às responsabilidades financeiras do município resultantes dos empréstimos bancários de médio e longo prazo”.

  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]