• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Projeto A NOSSA FREGUESIA...
  • Banner COVID19
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Mostra singular evoca oliveirenses na primeira Guerra Mundial

Data: 05/06/2018
Oliveira de Azeméis
Rememorar a I Guerra Mundial é o objetivo do projeto "Trincheiespanta", da autoria de Manuel Ferreira

A mobilização de jovens oliveirenses para a primeira Guerra Mundial (1914-1918) está simbolizada numa mostra rememorativa do primeiro conflito mundial, patente no Largo da República, no centro da cidade de Oliveira de Azeméis.

A mostra inclui 24 “espantalhos” em parada, emparedados por réplicas de trincheiras relembrando o Batalhão de Infantaria 24 de Aveiro, unidade militar onde foi incorporada a maioria dos jovens oliveirenses mobilizados para a primeira Guerra Mundial e para a defesa das ex-colónias.  

Cada figura possui uma armadura com 100 tampas de círios que pretendem evocar os 100 anos da presença de oliveirenses na Flandres e nas planícies africanas.

Intitulada “Trincheiespanta”, nome associado ao I Festival de Espantalhos de Portugal que decorre até 31 de julho em Oliveira de Azeméis, a exposição recebeu a visita do Centro de Formação de Associação de Escolas de Arouca, Vale de Cambra e Oliveira de Azeméis.

A exposição rememorativa inclui 24 soldados/espantalhos, 12 deles "pintados" de vermelho representando o sangue derramado no combate e os restantes coloridos de branco simbolizando o apoio humanitário dos “anjos brancos” da Cruz Vermelha e do Triângulo Vermelho.

Junto dos espantalhos são visíveis pás e picaretas, as ferramentas que acompanhavam, no dia-a-dia, os jovens oliveirenses nas trincheiras.

Exclusivamente para a visita do Centro de Formação foi montado um fragmento de uma linha férrea, com 11 traves, simbolizando este número a hora, o dia e o mês de novembro de 1918 em que, num vagão-restaurante, foi assinado o armistício que pôs termo ao conflito armado.

Inspirada no exército de Terracota, “Trincheiespanta” é um projeto de Manuel Ferreira, neto de um combatente do Corpo Expedicionário Português mobilizado para a Flandres e que integrou o Regimento de Infantaria 24 de Aveiro.

GALERIA DE IMAGENS
  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]