• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner COVID19
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Acordo com China abre oportunidades de negócio nos setores do calçado e laticínios

Data: 03/12/2013
Oliveira de Azeméis

O presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, Hermínio Loureiro, acredita que a assinatura do memorando de entendimento assinado com o município chinês de Wuhan abre «excelentes perspetivas» de negócio nos setores do calçado e dos laticínios.

Após ter conseguido captar para a Área de Acolhimento Empresarial de Ul-Loureiro (AAE) um investimento chinês na fileira do aço de 30 milhões de euros, a autarquia oliveirense está otimista relativamente ao aparecimento de novos investimentos, desta vez nas áreas do calçado e do setor alimentar.

«Depois da visita a algumas empresas de Oliveira de Azeméis, uma comitiva de empresários da província chinesa mostrou vontade de aprofundar a cooperação industrial entre os dois municípios» afirma Hermínio Loureiro, lembrando que Hubei é a «terceira província mais importante da China e uma das mais industrializadas».

O primeiro investimento chinês no município – ligado à indústria do aço - está a ser instalado na Área de Acolhimento de Ul-Loureiro, numa zona geograficamente privilegiada e de fácil acessibilidade aos grandes centros nacionais de exportação.

Segundo Hermínio Loureiro, a fábrica Wuhan Industries «irá criar mais de 60 postos de trabalho e o que nós esperamos é que os empresários chineses que estiveram de visita a Portugal possam também continuar a investir em Oliveira de Azeméis».

«Quisemos mostrar a esta comitiva que temos outras áreas de negócio e que queremos aprofundar este relacionamento, atraindo investimento estrangeiro», sublinha o autarca, anunciando ter sido aprovada a «isenção de taxas municipais durante os próximos cinco anos» para o primeiro investimento chinês no concelho.

«Espero que a instalação da primeira fábrica chinesa possa ser seguida pelo interesse de outros empresários pois sabemos da vontade das empresas chinesas em investir em Portugal e na Europa, aproveitando o nosso país como o passaporte para outros países», refere.

Atualmente, a taxa de ocupação da AAE de Ul-Loureiro é muito superior à expectativa inicial da autarquia que irá «continuar a criar condições para os empresários oliveirenses e para a captação de novas empresas na perspetiva de continuar a criar emprego, riqueza e ser um concelho industrial pujante, mantendo Oliveira de Azeméis na vanguarda dos municípios exportadores de Portugal».

O memorando de entendimento assinado entre o município de Wuhan e o de Oliveira de Azeméis visa o «reforço futuro» e o «desenvolvimento de uma cooperação amigável» entre as duas regiões.

Os dois municípios comprometem-se, assim, a desenvolver «trocas e cooperação entre as suas cidades em variadas formas nos campos da economia, industria, ciência e tecnologia, comércio, cultura, entre outros, para promover a prosperidade e o desenvolvimento comum».

 

Ver aqui fotos da visita

  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]