• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Projeto A NOSSA FREGUESIA...
  • Banner COVID19
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Autarquia reúne arqueólogos de todo o país para falar da sua segurança

Data: 12/11/2010
Oliveira de Azeméis
O seminário debateu a higiene e segurança em trabalhos arqueológicos e teve como parceiros a Associação Profissional de Arqueólogos (APA) e o Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado do Vale do Tejo (Mação)

A vereadora da cultura da Câmara de Oliveira de Azeméis considerou «fundamental abordar a temática da higiene e da segurança na comunidade de arqueólogos no sentido de sensibilizar e discutir os riscos a que diariamente se encontram expostos».

Segundo Gracinda Leal, que falava na sessão de abertura do seminário «Higiene e Segurança em Trabalhos Arqueológicos», «há que proporcionar espaços de debate sobre a segurança na arqueologia para que se estabeleça, junto dos profissionais, referências de conduta para a autoprotecção».

«O seminário surge da necessidade de esclarecer os profissionais de arqueologia sobre as regras, normas e procedimentos de segurança a desenvolver durante os trabalhos», disse.

«Os estudos apontam para que, a cada minuto, duas pessoas morrem vítimas de acidentes de trabalho», acrescentou Gracinda Leal, garantindo que «a autarquia continuará a trabalhar ao nível da sensibilização e da prevenção».

Segundo a vereadora, o seminário «permitiu, mais uma vez, afirmar o município como espaço de debate no contexto da arqueologia nacional», dando expressão ao trabalho desenvolvido pela autarquia.

«Desde 2008 que o município apostou na activação do sector do museu e da arqueologia tendo vindo a fazer um trabalho complexo na promoção da área arqueológica através da assinatura de protocolos, encontros científicos e levantamento bibliográfico de referências a sítios e achados arqueológicos», afirmou.

A 1ª sessão de trabalho envolveu a realização de debates temáticos sobre segurança laboral, responsabilização individual e gestão de emergência.

O colóquio debateu o enquadramento legal de segurança, higiene e saúde aplicada aos trabalhos de arqueologia e contou com a presença de oradores com formação nas áreas da arqueologia, história, direito, protecção civil e higiene e segurança no trabalho (HST).

O seminário abordou ainda a «Responsabilização individual» e «A segurança em trabalhos arqueológicos». Destacou-se a intervenção de Luís Lopes, membro da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT).

O coordenador do grupo técnico responsável pela elaboração da Estratégia Nacional para a Segurança e Saúde no Trabalho 2008-2012 falou sobre «A HST na actividade arqueológica» na visão da ACT, órgão do qual é coordenador executivo.

O seminário encerrou com um espaço de debate moderado por Andreia Lopes, mestre em arqueologia pré-histórica e arte rupestre. A iniciativa foi da responsabilidade da Câmara Municipal em parceria com a Associação Profissional de Arqueólogos (APA) e o Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado do Vale do Tejo (Mação).

GALERIA DE IMAGENS
  • Vereadora da cultura, Gracinda Leal, presidiu à abertura dos trabalhos
  • Fernando Cabral, técnico superior de Higiene e Segurança no Trabalho
  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]