• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Hermínio Loureiro defende saúde de qualidade e proximidade

Data: 15/12/2009
Oliveira de Azeméis
Hermínio Loureiro, presidente da autarquia, falando na inauguração da primeira Unidade de Saúde Familiar do concelho.
O município de Oliveira de Azeméis é o que possui melhores condições para receber o futuro hospital da região de Entre Douro e Vouga (EDV) e o executivo continuará a trabalhar para receber essa infra-estrutura importante e necessária na área da saúde, afirmou o presidente da autarquia.

«A localização técnica da nova unidade aponta para o concelho de Oliveira de Azeméis e, por essa razão, tudo faremos para estarmos na linha da frente para acolher o projecto», disse Hermínio Loureiro no final da cerimónia de abertura da primeira Unidade de Saúde Familiar (USF) do concelho.

A autarquia demonstrou, desde a primeira hora, interesse no projecto do Ministério da Saúde que irá servir os cinco municípios da região do Entre Douro e Vouga: Oliveira de Azeméis, São João da Madeira, Vale de Cambra, Santa Maria da Feira e Arouca.

Segundo Hermínio Loureiro vão ser disponibilizados, junto das instâncias de saúde e do Governo, terrenos para que «essa decisão possa ser tomada o mais cedo possível».

«O novo hospital é considerado uma necessidade fundamental para melhorar os cuidados de saúde de um universo populacional de 280 mil pessoas», afirmou o autarca.

«Tendo em conta a nossa localização geográfica, a nossa oferta em termos de condições e o que o estudo do Ministério da Saúde aponta, Oliveira de Azeméis está na linha da frente para receber este equipamento pelo que não iremos descansar enquanto não tivermos essa situação resolvida», disse Hermínio Loureiro.

Momentos antes, durante a apresentação da primeira USF do concelho, o autarca havia já manifestado o empenhamento da autarquia em manter-se na rota do hospital do Entre Douro e Vouga, lutando pela sua localização.

O responsável autárquico referiu-se à «preocupação» do município com as novas infra-estruturas onde incluiu a conclusão do novo centro de saúde, prevista até ao final do primeiro semestre de 2010.

«Queremos um serviço de saúde de qualidade e hoje, com a abertura da Unidade de Saúde Familiar La Salette, está-se a dar um passo importante nessa área», disse.

«É fundamental esta política de saúde de proximidade junto das populações para que elas não percam tempo na procura dos cuidados de saúde primários, exigindo-se que ela seja também de qualidade», sublinhou Hermínio Loureiro referindo-se ao caso específico de Oliveira de Azeméis.

O autarca defendeu, igualmente, uma cobertura de profissionais de saúde compatível com a dimensão do concelho. «É hoje reconhecido que faltam médicos em Oliveira de Azeméis e por isso tudo faremos para que possamos vir a ter o número necessário de profissionais», concluiu.
GALERIA DE IMAGENS
  • Hermínio Loureiro, presidente da autarquia, falando na inauguração da primeira Unidade de Saúde Familiar do concelho
  • Presidente da Câmara Municipal (à esquerda), acompanhado do representente da Administração Regional de Saúde do Norte
  • Profissionais de saúde afectos à Unidade de Saúde Familiar
  • Casa Museu Ferreira de Castro Iporto - Agendas Cineteatro Caracas Concurso de Música Terras de La Salette IPORTO
  • Facebook Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis Arquivo Municipal Academia de música
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Azeméis Educa Twitter Parque Temático Molinológico Parque de La Salette
  • Loja Ponto Ja Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Galeria Tomás Costa
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]