• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Projeto A NOSSA FREGUESIA...
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Líder da UGT elogia capacidade empresarial do município

Data: 04/04/2016
Oliveira de Azeméis
Carlos Silva, secretário-geral da UGT, visitou empresas de Oliveira de Azeméis

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, apontou a empresa Simoldes como um exemplo para o país a todos os níveis.

Numa visita a empresas do concelho de Oliveira de Azeméis, onde foi recebido pelo presidente da autarquia, Hermínio Loureiro, o dirigente sindical afirmou que “o que vi hoje na Simoldes foi uma aposta em Portugal”.


O responsável da UGT destacou a capacidade empregadora, as condições de trabalho e o modelo de contratação coletiva de um dos grupos líderes mundiais no setor dos moldes que emprega quatro mil trabalhadores.

“A Simoldes é uma empresa importante para a economia portuguesa”, disse Carlos Silva, elogiando “quem se esforça por criar riqueza para o país”, numa referência ao empresário António Rodrigues, presidente do conselho de administração do grupo Simoldes.

Além da Simoldes, Carlos Silva reuniu ainda com a administração e os trabalhadores da JPS Cork Group.

O secretário-geral da UGT, que esteve em Oliveira de Azeméis a convite do SINDEQ, foi, depois, recebido pelo presidente da autarquia que considerou os sindicatos “parceiros ativos na procura das melhores soluções”.

“Em Oliveira de Azeméis os sindicatos são parceiros do crescimento e do desenvolvimento”, disse Hermínio Loureiro, destacando a importância económica e exportadora do município, um dos “mais importantes do país do ponto de vista de criação de riqueza”.

O autarca falou das políticas sociais, da taxa de desemprego municipal inferior à média nacional e do regime de proximidade da autarquia com os funcionários.

No plano laboral, Hermínio Loureiro justificou porque é que o executivo não aumentou a carga horária de trabalho para as 40 horas, mantendo o regime de horário das 35 horas semanais.

O autarca destacou ainda as políticas de proteção dos trabalhadores que permitam a estes conciliar a sua vida pessoal e profissional, a promoção da igualdade no género e o investimento na formação dos colaboradores que considerou “fundamental para a melhoria dos serviços prestados pela autarquia”. 

  • Facebook Instagram Twitter Youtube Iporto - Agendas
  • IPORTO Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis
  • Loja Ponto Ja Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música
  • Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]