• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Imprensa
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Oliveira com 460 anos certificada pela universidade de Trás-os-Montes

Data: 30/09/2009
Oliveira de Azeméis
Oliveira com 460 anos, em frente à Câmara Municipal, foi certificada pela universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD)

A oliveira, árvore com 460 anos, situada em frente à câmara de Oliveira de Azeméis, foi a primeira unidade, no país, a ser certificada mediante o novo método de datação de árvores desenvolvido por investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

O método é inovador e permite datar árvores até aos três mil anos sem pôr em risco a sanidade das espécies. O estudo da nova técnica começou a ser desenvolvido em 2007 e envolveu a participação de uma equipa de cientistas do departamento de ciências florestais da UTAD, coordenada por José Luís Lousada.

A cerimónia de certificação decorreu junto à oliveira instalada no Largo da República, no centro da cidade, com a presença do coordenador do estudo, do presidenta da autarquia e de André Soares dos Reis, proprietário da empresa «Oliveiras Milenares» que, em 2007, propôs à UTAD o desenvolvimento do projecto.

A oliveira foi oferecida á autarquia pelo empresário natural de Oliveira de Azeméis, podendo ser apreciada na convergência das ruas Bento Carqueja e António Alegria.

«Trata-se de uma metodologia que não implica o abate de árvores», explicou José Lousada ainda que o desenvolvimento do estudo tivesse envolvido o abate de muitas espécies, que esteve na base da investigação.

O estudo desenvolvido pela UTAD permite datar as árvores através de um «modelo matemático que relaciona a idade com as características dendrométricas do tronco (raio, diâmetro ou perímetro)», referiu o coordenador do estudo.

«Desta forma e possível proceder à sua datação por um processo extremamente rápido, não destrutivo e exequível, mesmo em árvores ocas», adiantou.

A proposta feita pela empresa «Oliveira Milenares» em 2007 resultou numa parceria com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e, posteriormente, no registo conjunto da patente do método desenvolvido.

GALERIA DE IMAGENS
  • Cerimónia de certificação da oliveira em frente à Câmara Municipal
  • Cerimónia de certificação da oliveira em frente à Câmara Municipal
  • José Lousada, coordenador do estudo da universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • Casa Museu Ferreira de Castro Iporto - Agendas Cineteatro Caracas Concurso de Música Terras de La Salette IPORTO
  • Facebook Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis Arquivo Municipal Academia de música
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Azeméis Educa Twitter Parque Temático Molinológico Parque de La Salette
  • Loja Ponto Ja Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Galeria Tomás Costa
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados