• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner COVID19
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Marcus Quiroga e Irene Marques distinguidos com o prémio literário Ferreira de Castro

Data: 24/02/2020
Oliveira de Azeméis

A primeira edição do Prémio Literário Ferreira de Castro distinguiu o lusodescendente Marcus Quiroga e a emigrante Irene Marques. 

Os prémios foram entregues em Oliveira de Azeméis, município de onde é natural o escritor que dá nome ao galardão instituído pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda, em parceria com o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

A cerimónia, à qual se associou a secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, decorreu na biblioteca municipal Ferreira de Castro e serviu para recordar o nome do escritor oliveirense, um dos autores portugueses mais traduzido, e realçar a lusofonia portuguesa.

Durante a sessão, o presidente do júri, Carlos Reis, elogiou as obras premiadas destacando a qualidade de escrita dos vencedores.

O Prémio Literário distinguiu a obra “Não Viajarei por Nenhuma Espanha”, um conjunto de poemas de Marcus Quiroga, um lusodescendente com 25 livros publicados no Brasil, e “Uma Casa no Mundo”, de Irene Marques, uma emigrante com quatro livros publicados no Canadá.

Os vencedores receberam um prémio individual de 5.000 euros e terão, agora, direito a ver as suas obras editadas pela Casa da Moeda com tiragem prevista para o mês de setembro.

O diretor editorial da Casa da Moeda, Duarte Azinheira, falou do prémio como sendo um “sucesso” e uma forma de divulgar a língua e a cultura portuguesa, “em particular da literatura produzida pelos nossos emigrantes e lusodescendentes na diáspora”.

Também o presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, abordou o prémio nesse sentido afirmando que o mesmo é um estímulo ao aparecimento de autores na diáspora portuguesa que ajudarão a difundir e a afirmar a criação literária e a cultura nas comunidades de acolhimento. Um trabalho atribuído exclusivamente a emigrantes portugueses e lusodescendentes através da defesa da língua e da diáspora, razão pela qual o nome escolhido para o prémio seja o de Ferreira de Castro.

A presença da Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas em Oliveira de Azeméis deu brilho à cerimónia da entrega de prémios demonstrando a importância que o Governo dá às questões associadas à diáspora, à língua e à divulgação da cultura portuguesa.

Concorreram a esta primeira edição do Prémio Literário Ferreira de Castro cerca de 70 obras inéditas, de autores lusófonos de Portugal, Irlanda, Suíça, Brasil, Bélgica, Espanha, Luxemburgo, Reino Unido, Alemanha, França, Austrália, Moçambique, Argentina, Canadá, Estados Unidos da América.

 

GALERIA DE IMAGENS
  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Casa Museu Ferreira de Castro Academia de música
  • Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]