• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner COVID19
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Festival de cinema de Azeméis abre hoje com exposição e filmes de cineastas oliveirenses

Data: 02/10/2020
Oliveira de Azeméis

O Azeméis Film Festival arranca hoje, sexta-feira, com dois momentos, a exibição de novas cópias de filmes de três cineastas oliveirenses e a inauguração (21h00) da exposição “Anos 60/70 - O cinema de Oliveira de Azeméis”. 

Trata-se de uma exposição associada à atividade cinematográfica dos oliveirenses Manuel Matos Barbosa, António Matias e Manuel Paula Dias que faz uma viagem pelos equipamentos que permitiram a realização dos seus filmes mas também o encontro com documentos da época, prémios e o reflexo das preocupações artísticas que sempre acompanharam os cineastas oliveirenses.

A exposição estará aberta durante o mês de outubro na Galeria Tomás Costa, em frente ao espaço O Cinema, onde decorrem todas as projeções.

Sessenta anos depois, os três cineastas de Oliveira de Azeméis vão poder voltar a ver quatro dos seus filmes no grande ecrã da sala "O Cinema".
Após uma cuidada digitalização serão pela primeira vez exibidas as novas cópias dos filmes:
“5 Escudos o Metro Cúbico” de António Matias (1959), “O Moinho” de Manuel Matos Barbosa (1969), “Decomposição” de Manuel Paula Dias (1970) e “Vidros” também de Matos Barbosa (1970).
São 3 documentários filmados na região por Matos Barbosa e António Matias e um filme experimental que Manuel Paula Dias filmou entre Aveiro e Oliveira de Azeméis.

Estas obras marcam a produção cinematográfica portuguesa dos anos 60 e 70 onde as curtas-metragens foram maioritariamente produzidas pelo chamado “cinema não profissional”, em formatos reduzidos, com cópia única, mas por onde passam preocupações artísticas, sociais e tantas vezes políticas, que ajudam a preenchem a memória desses tempos conturbados.

Os filmes vão ser acompanhados pelo compositor e guitarrista Joaquim Pavão, também ele cineasta.

A inauguração do Azeméis Film Festival está marcada para as 21h30 de hoje e decorre até domingo à noite, altura em que será exibido o filme
premiado do festival.

Na sessão inaugural (21h30) será ainda exibido o documentário “De los nombres de las cabras”, rodado nas Canárias por Silvia Navarro e Miguel G. Morales.

  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]