• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Ministério desafiado a alargar escolaridade até ao 12º ano em S. Roque

Data: 02/02/2010
Oliveira de Azeméis
Hermínio Loureiro, presidente da autarquia, na companhia do director da Direcção Regional de Educação do Norte
O presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis lançou o desafio ao Ministério da Educação para que este pondere a possibilidade da escola EB 2,3 de São Roque poder vir a «leccionar até ao 12º ano».

Hermínio Loureiro aproveitou a inauguração da nova biblioteca e centro de recursos da escola para lançar o repto junto do director da Direcção Regional de Educação do Norte (DREN).

«Seria um prémio merecido para todos os que têm trabalhado para que este espaço continue e ser uma escola de excelência», afirmou Hermínio Loureiro.

A câmara municipal dará todo o apoio a essa pretensão porque ela seria um prémio justo», disse o autarca, considerando a educação «um desígnio estratégico do município».

Para Hermínio Loureiro a inauguração das obras de requalificação da biblioteca/centro de recursos «é mais um passo no caminho de excelência da educação que todos desejamos».

A educação é uma área estratégica para a autarquia que afectou ao sector uma verba financeira superior relativamente à dotação orçamental de 2009.

«Para nós a educação é uma aposta estratégica que tem a ver com o futuro do concelho», disse Hermínio Loureiro, apresentando como exemplos a construção de novos centros escolares e o investimento na requalificação dos estabelecimentos existentes.

A EB 2,3 Ângelo Azevedo é um bom exemplo de práticas educativas, considerou o autarca defendendo que «esta pode ser considerada uma escola de excelência e de qualidade, possuindo bons recursos humanos e um bom ambiente escolar».

Hermínio Loureiro quer manter a «cooperação estratégica» do município com a Direcção Regional de Educação do Norte existindo «total abertura da autarquia para cooperar com a DREN com o objectivo de proporcionar melhores condições de ensino à população».

Para António Leite, director regional de educação do Norte, o novo centro de recursos «facilita a democratização de bens públicos como a educação, a sabedoria, o conhecimento e a informação».

«A biblioteca deve ser o coração de todas as escolas», observou António Leite, revelando que «hoje todas as escolas EB 2,3 e secundárias possuem bibliotecas».

O director da DREN considerou que a figura do professor bibliotecário veio reforçar a importância da democratização dos meios educacionais disponíveis nas escolas.

A partir deste ano lectivo a organização e gestão das bibliotecas escolares passou a estar a cargo de professores bibliotecários a tempo inteiro com a responsabilidade de desenvolverem estratégias e políticas que garantam a rentabilização de recursos e investimentos, colocando-os ao serviço da escola, do processo formativo e das aprendizagens dos alunos.
GALERIA DE IMAGENS
  • Casa Museu Ferreira de Castro Iporto - Agendas Cineteatro Caracas Concurso de Música Terras de La Salette IPORTO
  • Facebook Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis Arquivo Municipal Academia de música
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Azeméis Educa Twitter Parque Temático Molinológico Parque de La Salette
  • Loja Ponto Ja Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Galeria Tomás Costa
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]