• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Mercado à Moda Antiga
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner Hora do Planeta
  • Banner INDAQUA

O projecto

Oliveira de Azeméis
O fabrico do famoso pão de Ul

O Parque Temático Molinológico localiza-se nas freguesias de Ul e Travanca, a sul da sede do município de Oliveira de Azeméis.

Ocupa uma área de 29 hectares, em espaço totalmente aberto, e inclui dois rios, o Antuã e o Ul, seu afluente.

O Largo do Souto, na freguesia de Ul, é o principal ponto de referência para se aceder aos diversos espaços que integram o Parque.

O Parque é um projecto de desenvolvimento integrado, iniciado em 2000, que incluiu, por um lado, acções imateriais (levantamento das estruturas de moagem e de secagem, acções de sensibilização e de divulgação, edição de livros, realização de filmes) e, por outro, a execução de obra física, nomeadamente, a recuperação de moinhos, açudes, levadas e muros, recuperação de caminhos e pontes, a criação de infra-estruturas turísticas e de equipamentos culturais.

A criação do Parque resulta de uma forte presença neste espaço, bem como em toda a freguesia de Ul, de moinhos de água e respectivas infra-estruturas hidráulicas, açudes e levadas.

Estes singulares edifícios traduzem o aproveitamento hídrico do rio, pela população local, para gerar um produto essencial à alimentação, o pão. A moagem de farinhas constitui uma especialização destas gentes, resultando actualmente numa identidade própria da freguesia de Ul.

A intervenção neste espaço assenta numa estratégia de valorização e requalificação das infra-estruturas associadas ao moinho – os açudes e levadas, bem como dos edifícios – os moinhos de água.

O núcleo de moinhos, no lugar de Ponte da Igreja, reflecte este conjunto de acções, permitindo também divulgar as características da engrenagem e ofícios relacionados com a moagem, tendo sido recolhidos, para esse efeito, uma colecção de peças e utensílios desses ofícios.

O Parque Temático Molinológico é um espaço que aproveita os moinhos de água existentes nesta região há mais de dois séculos, construções também conhecidas por moinhos de rodízio horizontal e eixo vertical, uma vez que a roda ou conjunto de penas gira na horizontal, e a peça através da qual se transmite o movimento às mós encontra-se na posição vertical.

Muito ligada à sua realidade hidrográfica, dir-se-ia que a abundante água dos rios esteve omnipresente na vida económica de Oliveira de Azeméis, pois com ela se regaram os campos e, tão importante como isso, graças à força das águas, inúmeros moinhos em ambas as margens moeram farinha que, por sua vez, deu «alimento» a outra actividade complementar – a do fabrico do famoso pão de Ul.

Mais tarde, outra actividade que se iniciou também com o aproveitamento dos moinhos de água foi a do descasque do arroz, que progressivamente, se foi modernizando, ganhando importância e primazia até aos dias actuais, traduzindo uma nova geração de actividade económica que tem animado Ul e as freguesias circunvizinhas.

Actualmente, o sector de moagem, embora ultrapassado na predominância que outrora gozou, continua a manter aqui grande vitalidade. Também o pão de Ul continua a encher a boca de bom sabor.

No descasque e embalagem de arroz, estão aqui implantadas as maiores indústrias nacionais do género.

Este território, após mais de um século de exploração, tornou-se uma zona degradada, sobretudo dos pontos de vista ambiental e paisagístico, marcada por casas abandonadas, caminhos impraticáveis e em que são visíveis os estigmas que sempre são inevitáveis com o abandono de projectos que sustentaram durante muito tempo e em exclusivo o desenvolvimento local.

Felizmente que, no caso em apreço, os antigos proprietários dos moinhos e o Município local uniram esforços para promover nas freguesias de Ul e Travanca uma iniciativa de desenvolvimento integrado, capaz de reabilitar economicamente e socialmente a região e com uma componente cultural, ambiental e turística.

Desenvolveram-se acções de limpeza de vegetação permitindo repor uma qualidade ambiental para fruição dos caminhos e trilhos pedestres presentes no parque.

Estes espaços constituem, simultaneamente, locais de passeio e de acesso aos vários núcleos de moinhos dispersos na área do parque, sendo estes denominados pela sua localização: Ponte da Igreja, Adães/Azevilheira, Crasto/Dois Rios.

GALERIA DE IMAGENS
  • Casa Museu Ferreira de Castro Iporto - Agendas Cineteatro Caracas Concurso de Música Terras de La Salette IPORTO
  • Facebook Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis Arquivo Municipal Academia de música
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Azeméis Educa Twitter Parque Temático Molinológico Parque de La Salette
  • Loja Ponto Ja Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Galeria Tomás Costa
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]