• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner COVID19
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Apoio ao Arrendamento

Medida que concede a atribuição de um apoio económico mensal para o pagamento da renda de casa. Apoios concedidos ao abrigo de Regulamento Municipal n.º 130/2018 de 23 de fevereiro.


Requeridos em modelo próprio na Loja do Munícipe na Câmara Municipal.

 

A quem se destina

Podem ter acesso ao apoio todas as pessoas que apresentem as seguintes condições: 

- Residência em regime de permanência, por parte do/a requerente, na área do município, há pelo menos três anos, e encontrar-se recenseado/a no mesmo;
- O/a requerente individual, ou o agregado familiar não possuir, qualquer outro bem imóvel destinado a habitação para além daquele que é objeto do pedido de apoio, nem outro tipo de bens imóveis ou rendimentos de capitais;
- Ter estatuto de arrendatário/a;
- A tipologia do fogo arrendado deverá ser adequada ao respetivo agregado familiar à exceção de habitações arrendadas há mais de 10 anos e sem prejuízo da avaliação do caso concreto;
- Os/as munícipes não podem ter dívidas com o município;
- O valor da renda não exceder os valores médios/baixos do praticado no mercado normal de arrendamento, conforme definido por despacho do/a Vereador/a dos Serviços Municipais de Ação Social.
- O apoio será atribuído aos agregados familiares que, para além de se encontrarem nas condições referidas no artigo 2.º do Regulamento Municipal de Apoio ao Arrendamento n.º 130/2018, tenham um rendimento mensal per capita inferior ao salário mínimo nacional e assinem o respetivo programa de inserção, quando justificado.
- O acesso à solução plasmada no presente regulamento será sempre subsidiário e assumirá caráter temporário, e conter-se-á nos limites das respostas àquelas situações que não encontrem eco na legislação aplicável em vigor para o setor.
- Ficam excluídos/as da atribuição do apoio os/as arrendatários/as que tenham como senhorios parentes ou afins na linha reta ou até ao 3.º grau da linha colateral.
- Pessoas vítimas de violência doméstica mesmo que sejam proprietárias de um bem imóvel.

 

Última atualização: março 2018

  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]