• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Balcão Único
  • Banner Bupi
  • Banner Projeto A NOSSA FREGUESIA...
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

INDAQUA reforça equipa de “Guardiões dos Rios” para vigiar cursos de água em Oliveira de Azeméis

Data: 18/07/2022
Oliveira de Azeméis

Depois de Santa Maria da Feira, a INDAQUA criou uma segunda equipa de “Guardiões dos Rios”, em Oliveira de Azeméis, para reforçar a monitorização das linhas de água, respondendo de formas mais eficaz e permanente a descargas poluentes e a alertas da população. A iniciativa integra um conjunto de ações implementadas pela concessionária e pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, tendo em vista a preservação da qualidade da água.

 18 de julho de 2021 – Dedicada a garantir a qualidade da água que faz chegar, através das suas redes, a mais de 600 mil pessoas em seis concelhos, a INDAQUA tem reforçado a proteção deste recurso escasso também no controlo das linhas de água dos territórios onde atua e que ainda são afetados por descargas ilegais de águas residuais industriais e domésticas.

Neste contexto, surgiu o projeto “Guardiões dos Rios” – uma equipa de operacionais da INDAQUA dedicada a percorrer as zonas ribeirinhas para identificar, de forma eficaz, eventuais descargas poluentes, através da observação das linhas de água, da identificação de alterações, por exemplo, na sua cor ou cheiro e da recolha de amostras para análise. Para além disso, os “Guardiões dos Rios” garantem, em permanência, a resposta a denúncias populares feitas através de uma linha de emergência (256 690 150) e são também responsáveis por monitorizar clientes industriais, para garantir que estes cumprem os parâmetros ambientais exigidos nas descargas legais de saneamento para as linhas de água.

 Em março, a primeira “patrulha” iniciou atividade em Santa Maria da Feira e, a partir de agora, uma segunda equipa está operacional em Oliveira de Azeméis. No futuro, o projeto poderá ainda ser alargado a outros concelhos, sempre em parceria com as respetivas Câmaras Municipais e com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), responsável por eventuais processos de contraordenação.

“Com a criação desta equipa “Guardiões dos Rios” estamos determinados em proteger firmemente as nossas linhas de água existentes no concelho diminuindo riscos ou atentados ambientais e criando as condições para que possamos desfrutar dos nossos rios e das nossas paisagens”, refere o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge.

Já Nuno Laranja, Diretor Geral da INDAQUA Oliveira de Azeméis, afirma que “teremos, entre a equipa da INDAQUA Oliveira de Azeméis, profissionais alocados em permanência a esta monitorização e resposta a denúncias da população oliveirense. Acreditamos que este trabalho de continuidade e proximidade é essencial para colmatar rapidamente os danos provocados por descargas poluentes e para dissuadir eventuais atos poluidores”, garante Nuno Laranjo, Diretor Geral da INDAQUA Oliveira de Azeméis.

 O lançamento desta segunda equipa teve lugar numa cerimónia pública sobre “O Valor da Água e os Serviços de Águas no Concelho de Oliveira de Azeméis”. Para além dos “Guardiões dos Rios”, concessionária e Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis apresentaram outros projetos conjuntos, como a recente conclusão do Plano de Investimentos que permitiu alargar a rede de saneamento para servir mais 6.110 habitantes.

As duas entidades, juntamente com as autoridades de saúde concelhias, estão ainda a reforçar a sensibilização da população para a importância da ligação à rede pública. Apesar de 84% do concelho ter acesso à rede de abastecimento de água e 55% à rede de saneamento, há mais de 6.300 alojamentos que não estão ainda ligados ao sistema de abastecimento de água e cerca de 5.400 ao de saneamento, optando por soluções particulares, como poços e furos, ou a fossas sépticas, que, por não serem controlados em permanência podem representar focos de contaminação e acarretar riscos para a saúde pública e para a qualidade ambiental do território.

  • Facebook Instagram Twitter Youtube Iporto - Agendas
  • IPORTO Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis
  • Loja Ponto Ja Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música
  • Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]