• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Projeto A NOSSA FREGUESIA...
  • Banner COVID19
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Ossela produz a cerveja artesanal preferida dos consumidores portugueses

Oliveira de Azeméis
Nicolas Billard, Nuno Marques e Victor Silva

 

É na pequena freguesia de Ossela que é produzida, e distribuída para todo o país, a conhecida cerveja artesanal Vadia, uma marca que depressa conquistou nome e espaço junto dos consumidores após a sua entrada, há uma década, no mercado.

Longe vai o tempo quando os três sócios fundadores licenciaram o projeto e se transferiram de Vale de Cambra para Ossela para liderarem um projeto de crescimento sustentado que levou a que a cerveja Vadia tivesse sido considerada no estudo inMarket 2020 a cerveja artesanal preferida dos consumidores portugueses.

Victor Silva, um dos sócios da empresa juntamente com Nicolas Billard e Nuno Marques, diz que, em plena pandemia, “esta foi uma notícia fabulosa no meio de tantas notícias más”. Além da distinção, a cidra Vadia foi também referenciada no estudo e isso, só por si, foi também “uma vitória para nós”.

“Fazemos um produto diferenciado que vai ao encontro do gosto do consumidor”, refere Victor Silva, justificando a preferência dos consumidores pela Vadia, a segunda marca de cerveja artesanal a entrar no mercado português.

“É um orgulho para nós sermos uma marca pequena mas ter dimensão nacional”, sustenta. Acredita que a cerveja é hoje uma das bandeiras da freguesia de Ossela. “Sentimos que as pessoas sentem muito orgulho nisso, muitos milhares de pessoas ouviram já falar de Ossela e sabem que esta é a terra da cerveja Vadia”, realça.

Começaram por produzir cerveja em Vale de Cambra, num anexo, em lotes de 20 litros, depois em lotes de 50. Foi o início, depois não pararam de crescer transferindo as instalações para Ossela porque o equipamento passou a ter uma dimensão que obrigava a ter um espaço diferente.

A empresa encontrou, em Ossela, os parceiros ideais para desenhar e construir os equipamentos necessários à produção da cerveja (tanques de fermentação, panelas de braçagem e outros). Antes do licenciamento do projeto, os três sócios já estavam ligados à produção da Vadia. Começaram a dar os primeiros passos em 2006, seguiu-se o desenvolvimento das receitas e dos conhecimentos na área, até à entrada no mercado português com quatro variedades de cerveja, as mesmas aquando da sua aparição pública em 2007 nas Festas de Santo António, em Vale de Cambra. Na altura, produziam 300 litros de cerveja e as quatro receitas da altura que, com algumas variações, ainda são as cervejas que mais vendem hoje.

“Em termos de produção e comercialização temos cerca de uma dúzia de estilos de cerveja. Vamos fazendo também uma série de edições limitadas, temos sempre qualquer coisa diferente em calha. Em cervejas disponíveis para prova estamos a falar de umas 20 a 30 cervejas mas de venda ao público permanente, temos disponíveis cerca de 12 cervejas e duas cidras”, diz Victor Silva.

O consumo da Vadia está dividido, sobretudo em bares e restaurantes mas, a grande distribuição também tem o seu peso bem como os eventos, à exceção do ano passado devido à Covid-19.

O processo de fabrico de uma cerveja standard clássica demora cerca de um mês mas há outras cervejas (envelhecidas em barrica) que podem demorar um ano.

A inovação tem marcado a vida da Vadia. “Decidimos produzir a primeira cerveja artesanal sem álcool em Portugal, fomos os primeiros a produzir cidras, fomos a primeira cervejeira artesanal a pasteurizar as cervejas e os primeiros a entrar em concursos internacionais onde já ganhámos mais de 30 prémios, o primeiro em 2012 com a cerveja de trigo”, comenta Victor Silva.

Apesar de ser um setor que representa menos de 1% no consumo no mercado, “o balanço destes 10 anos é fantástico” tendo resultado na produção de uma cerveja pioneira, irreverente, variada e com identidade própria, com dimensão nacional e a conhecer os caminhos da internacionalização em países como a França, Suíça e Luxemburgo.

GALERIA DE IMAGENS
  • A Nossa Freguesia...Ossela
  • A Nossa Freguesia...Ossela
  • A Nossa Freguesia...Ossela
  • A Nossa Freguesia...Ossela
  • A Nossa Freguesia...Ossela
  • A Nossa Freguesia...Ossela
  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]