• Atendimento
  • Portal Geográfico
  • Banner Projeto A NOSSA FREGUESIA...
  • Banner COVID19
  • Banner Emprego OAZ
  • Banner Medidas Emergência
  • Banner Estamos on
  • Banner Por um país com bom ar
  • Banner Andante
  • Banner Arquivo municipal digital
  • Banner Memórias OAZ
  • Banner IFRRU
  • Banner Portugal 2020
  • Banner A minha rua
  • Banner INDAQUA

Macinhata Espanta, por Conceição Ferreira

Oliveira de Azeméis

Desde 1997, que Macinhata da Seixa se destaca e fica conhecida pelo movimento “Macinhata Espanta” pela mão de Conceição Ferreira. Após integrar os corpos diretivos do Grupo Musical Macinhatense, onde criaram diversos espantalhos, a mentora constituiu uma “comissão de eventos culturais e recreativos” que associou o nome da localidade “Macinhata” à conceção de espantalhos, com várias iniciativas por ano. Inicialmente com 5 elementos, o projeto nasceu perante a “vontade de fazer espantalhos” inspirado numa viagem ao Mónaco, coincidindo com a tradição dos antepassados macinhatenses que utilizavam os espantalhos para afugentar os pássaros das suas cerejeiras.

Numa primeira mostra, apenas “uma dúzia de espantalhos” expostos nas redondezas da habitação da mentora e do seu pai serviram para suscitar a curiosidade de locais e transeuntes. No segundo ano, Conceição Ferreira faz um apelo porta a porta e conta com o entusiasmo de todos macinhatenses na participação: “Venham que Macinhata vai ser conhecida em todo o lado”, propagava com determinação.

Numa partilha de conhecimentos da arte de conceber um espantalho, Conceição Ferreira sugeriu aos seus conterrâneos que se fizessem representar pela sua profissão, contagiando todo o seu empenho e paixão: “As famílias ficaram com um gosto tão grande de fazer, que faziam muitos. Em certas casas apareciam 1, 2, 3 espantalhos, e uma senhora chegou a fazer 66.”

Das profissões à sátira social, não faltou inspiração para a criação. Os espantalhos passaram a representar não só a população, como os seus hábitos e costumes e, muitas vezes, a personalizar mensagens aos governantes.   

Com um total de cerca de 100 espantalhos na segunda edição, a iniciativa chegou aos meios de comunicação social e despertou a vontade de internacionalizar o movimento através de um título no Guiness. O recorde do mundo era detido pela Inglaterra com a apresentação de 760 espantalhos, tendo a Macinhata Espanta se candidatado com uma proposta de 900. No entanto, a inscrição no “Guiness Book” foi certificada pela construção de 1113 espantalhos concentrados na pequena freguesia, no ano 2000.

O movimento, que a todos encheu de orgulho, transformou a até então desconhecida localidade num polo de atração turística para milhares de visitantes. Macinhata da Seixa passou a dinamizar várias iniciativas que envolviam toda a comunidade numa demonstração orgulhosa das suas raízes, resultando num programa cultural mediático e muito intenso. “Macinhata, Aldeia florida”, “Raid Fotográfico” e “Era uma vez a nossa escola na aldeia dos espantalhos” foram algumas das dinâmicas associadas ao “Macinhata Espanta” que promoveram a exposição dos espantalhos, realizada normalmente entre junho e agosto.

Motivada por uma intensa paixão, a dinamizadora refere que “o espantalho para mim é como um filho” e escreveu um livro, nunca editado, intitulado de: “ A aldeia dos espantalhos”. O livro, baseado numa lenda, descreve a história de um gaio que insistia em atacar as cerejeiras, fonte de rendimento da aldeia. Para as proteger, a população cria os espantalhos que lutam pela sobrevivência da cereja, fruto do desenvolvimento local.

Ainda hoje, Macinhata da Seixa transparece a importância das cerejas e cerejeiras através do seu hino:

“Oh Macinhata, tão bonita e senhoril, como és bonita no mês de abril, todas de branco as tuas cerejeiras, são as mensageiras do teu ar gentil”, conforme mencionado por Conceição Ferreira.

GALERIA DE IMAGENS
  • Facebook Instagram Twitter Iporto - Agendas IPORTO
  • Azeméis Educa Arquivo Municipal Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Centro Lúdico de Oliveira de Azeméis Loja Ponto Ja
  • Piscina Municipal de Oliveira de Azeméis Parque de La Salette Parque Temático Molinológico Academia de música Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis
Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido! Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Símbolo de Acessibilidade à Web
CM Oaz - Todos os direitos reservados Largo da República, 3720-240 Oliveira de Azeméis [email protected]